Pikachu !

Pikachu quenelle

Há duas situações possíveis:

– Os imputados inocentes deveriam defender a sua inocência e deveriam contar com o apoio do partido.

– Os imputados (ou não imputados ainda) culpáveis deveriam pedir desculpas e demitir-se ou ser demitidos dos seus cargos imediatamente.  Como isto seria um suicídio jurídico, poucos estarão dispostos a fazê-lo. Em tal caso (em qualquer caso) deveriam ser expulsos do partido.

Aliás, o partido como tal deveria pedir desculpas às sociedade por ter amparado e promovido práticas corruptas e deveria prometer que no futuro não serão promovidas práticas corruptas e que o partido será o primeiro em denunciar qualquer prática corrupta detetada no seu seio.  Muitos acharão que isto constitui um suicídio político.

Em termos políticos convencionais levam razão. Porém, se calhar os tempos estão a mudar e o que constituiria um suicídio político seria não fazê-lo.

Ética ou morte ! Pikachuuuuuuuuu !!!